Entendendo o GDPR

Entendendo o GDPR

Não é mais novidade ouvirmos falar sobre vazamento de dados. Diversas empresas de tecnologia já se envolveram em escândalos como esse como a Playstation, Amazon, Target, Evernote, Apple ICloud,  Exército Americano e, mais recentemente, o Facebook.

A União Européia, desde 2012, propôs a implementação de uma regulamentação de proteção de dados para a população que mora na Europa. Levou 4 anos e em 2016 a GDPR (General Data Protection Regulation) Regulamentação de Proteção Geral de Informação (tradução livre) foi, finalmente, aprovada.

Mas o que isso muda?

O primeiro ponto é que todas as empresas que tem negócios que seja necessário manter registros e informações de cidadãos europeus precisam se adequar as normas. Ou seja, se a sua empresa faz entregas na Europa e você tem 1 cliente cadastrado na União Européia você precisa se adaptar. Grandes empresas como o Google ou Facebook obviamente não vão abrir mão de um mercado como a Europa. O Google já oferece desde 2016, através do serviço Forget Me, um formulário para exclusão de dados nas buscas de qualquer cidadão europeu. O ponto positivo nisso é que provavelmente essas grandes empresas vão adequar a segurança para todos os usuários da plataforma eventualmente.

O segundo ponto é que isso gera precedente para que outras nações criem leis para proteger a segurança de dados dos seus cidadãos.

 

Como eu posso controlar melhor a minha privacidade online?

Tudo o que você faz na internet hoje é um dado, uma informação. E, como diz o ditado, conhecimento é poder.  Tudo o que você curte, compartilha, comenta, joga, pede e pesquisa é uma informação valiosa sobre você e seus hábitos. E tudo isso vai filtrar o tipo de informação que você recebe. As suas ações online são diretamente ligadas ao conteúdo que a internet vai te prover de volta. Assim se você fizer uma pesquisa sobre casamento, quando você entrar num site de viagens, você vai receber as melhores opções para lua de mel

As redes sociais, como o Facebook, já te dão a opção de regular a sua privacidade para você controlar o que é público e o que é privado. Seu navegador de internet também te dá a opção de navegação anônima o que evita que os sites acessem algumas informações suas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *